Como funciona o Marketing Digital

Marketing Digital

No marketing digital os clientes não consomem as peças publicitárias passivamente. Hoje a internet é uma via de mão dupla: a empresa faz a peça de comunicação e o consumidor interage, conversa com a empresa em tempo real, seja por meio de redes sociais, ou no canais de chat no próprio site da empresa.

Além disso apresenta inúmeras vantagens em relação ao marketing tradicional ou off-line, é possível mensurar e segmentar mais precisamente, em outras palavras, o marketing digital se tornou a solução para diversos problemas de comunicação entre as empresas e seus clientes.

Diálogo é o 1º objetivo do Marketing Digital

No marketing off line o cliente não interagia com as empresas, o que não acontece mais nos dias atuais. Na internet é cada vez mais comum a interação com os clientes. Nos lançamentos de produtos e serviços é cada vez mais necessário a conversa com o cliente para conhecer o anseio do consumidor e oferecer produtos e serviços mais personalizado.

O marketing digital é a resposta, interage com as pessoas certas e entende os anseios de seus consumidores. É de rápida interação, e as empresas melhoram seus serviços de acordo com as vozes dos seus consumidores que sempre são ouvidas.

Canais de vendas

Os canais de vendas ou distribuições, possibilitado pelas lojas virtuais os e-Commerces ou ainda por meio de marketplaces, são os principais diferenciais.

O comércio eletrônico ou as lojas virtuais entregam seus produtos ou serviços com rapidez. Nessas lojas, da mesma forma que nas lojas físicas, o cliente pode olhar as mercadorias e passear pelos corredores “categorias” ver as mercadorias, escolher e colocá-las em seu carrinho de compras.

Construção da Reputação da Marca

Por fim, a internet deve ser usada como um meio para construir a reputação da marca. Uma marca é formada por associações feitas ao seu nome, logotipo ou símbolos, e pode ser traduzida como a reputação associada a ela.

No marketing analógico isso era feito por meio do “P” de promoção, e essas estratégias eram um canal de comunicação, ou seja, a empresa determinava “o que” e “como” falar e o público aceitava esse posicionamento da marca determinado unilateralmente.

No marketing digital não acontece dessa forma. É claro que a empresa pode determinar seu posicionamento e a imagem que quer passar.

Ainda assim, a marca não consegue fazer isso sozinha: não basta dizer que é a melhor, mas os consumidores precisam comprar essa ideia, e isso é medido por testemunhos online, medição da reputação por meio de notas, comunidades online, entre outros.

  1. Primeiro, é preciso criar uma experiência para o cliente, ou seja, o cliente precisa se envolver com a sua marca, tanto online como off-line.
  2. Usar o storytelling e a construção de uma persona para engajar seu público na internet.
  3. Combinar estratégia online com off-line: é importante que a marca seja consistente com a sua mensagem, ou seja, não basta ser uma marca “engraçadinha” no twitter se não souber levar isso para a vida real.
  4. Por último, é preciso medir os resultados é necessário acompanhar quantas pessoas visitam o seu site, sua página nas redes sociais, quantas visualizam as postagens, quantas comentam, quantas compartilham e, destas, quantas entram em contato.